top of page
Abstract

Players globais de tecnologia aceleram investimentos na saúde


O mercado de tecnologia voltado à saúde está em alta em todo mundo e esse protagonismo tem ficado mais nítido nos últimos anos. Uma prova disso é o movimento que grandes players globais têm feito para se destacar no mercado de Digital Tech.


Dentre os exemplos mais recentes está a decisão da General Eletrics (GE), uma das empresas de tecnologia mais antigas do mundo, em criar um braço independente para atuar no setor de saúde, a GE HealthCare.


A separação concluiu um processo que começou no final de 2021, quando a GE começou a ser dividida em três empresas, uma focada em cuidados de saúde de precisão, outra no setor aéreo e a terceira em energia de transição.


Em janeiro deste ano, a GE HealthCare deixou de ser controlada pela GE e começou a ser negociada separadamente na Nasdaq Stock Market, uma das principais bolsas de valores dos EUA. A empresa já estreou sendo a fabricante líder de dispositivos médicos avançados, diagnósticos farmacêuticos e outras soluções críticas para o futuro da medicina.


Segundo o presidente e CEO da GE HealthCare, Peter Arduini, o desdobramento da GE HealthCare ocorre em um momento de mudança urgente no setor de saúde, que está passando por mudanças rápidas na forma como o atendimento é consumido e prestado.


"Estamos à beira de uma verdadeira transformação da indústria, à medida que a inovação digital remodela a forma como os provedores e pacientes experimentam os novos produtos e serviços médicos, com uma necessidade crescente de cuidados mais precisos, conectados e compassivos".

Outro player global de tecnologia que tem investido em produtos para o mercado de saúde é a LG Electronics, que anunciou neste ano a criação de um fone de ouvido sem fio que ajuda os usuários a dormir usando a tecnologia de ondas cerebrais.


Desenvolvido por sua empresa independente, SleepWave, o dispositivo chamado Breeze também pode analisar dados em tempo real e sugerir melhores padrões de sono, através de um aplicativo. Em comunicado à imprensa, a LG afirmou que o novo produto pode até rastrear os horários de sono e vigília, a posição de dormir e a movimentação do usuário enquanto dorme.


“Por exemplo, em dias de alta atividade, como caminhar mais de 20.000 passos por dia, o Breeze leva os usuários a entrar em um estado de sono profundo conhecido por ajudar na recuperação da fadiga física”, explicou a LG Electronics.

O lançamento oficial do produto deve ocorrer no primeiro semestre de 2023 na Coréia do Sul, segundo informações da LG.


Conhecida por sua atuação no mercado de games, a NVIDIA tem sido pioneira em computação acelerada e, nos últimos anos, também tem contribuído para o desenvolvimento de tecnologias voltadas à saúde.


Por exemplo, a startup Evozyne, usando modelo de IA pré-treinado da NVIDIA, criou duas proteínas com potencial significativo na área da saúde e da energia limpa, conforme artigo publicado pelas companhias.


Uma das proteínas tem como objetivo curar uma doença congênita, e a outra foi projetada para consumir dióxido de carbono e reduzir o aquecimento global. Os resultados iniciais mostram uma nova maneira de acelerar a descoberta de medicamentos, anunciaram em comunicado.


A Evozyne usou a implementação do ProtT5 da NVIDIA, um modelo transformer que faz parte do NVIDIA BioNeMo, serviço e framework de softwares para a criação de modelos de IA para a área da saúde.


"O BioNeMo nos ofereceu tudo o que precisávamos para sustentar o treinamento de modelos e, depois, executar trabalhos com o modelo de maneira muito barata. Conseguimos gerar milhões de sequências em apenas alguns segundos", explica Andrew Ferguson, co-fundador da Evozyne.

E você, conhece mais algum exemplo de grandes players de tecnologia que estão mirando suas estratégias de negócios e investimentos para o mercado de saúde? Comente aqui outros casos e o que achou deste conteúdo. Até a próxima!


29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page