top of page
Abstract

5 tecnologias emergentes para as healthtechs


Imagem de Gerd Altmann por Pixabay


A transformação digital na área da saúde está em acontecendo de forma acelerada e traz boas perspectivas para as healthtechs. Nesse processo de intensa transição, algumas tecnologias emergentes estão se destacando pelo potencial impacto que podem provocar em questões que envolvem diagnóstico, tratamento e atendimento.


Um relatório publicado recentemente pelo Distrito traz algumas perspectivas relevantes para as startups brasileiras que estão inovando na área da saúde. O estudo Distrito Emerging Tech Report 2023 indica as tecnologias emergentes mais promissoras no curto e médio prazo – período que engloba entre um e cinco anos (2024-2028).


Conheça cinco tecnologias emergentes que devem potencializar a inovação promovida pelas healthtechs nos próximos cinco anos.


1. Genômica


A genômica é uma das tecnologias emergentes destacadas no estudo. O potencial dos estudos no campo do DNA humano é promissor porque essa área impulsiona avanços na medicina personalizada, na prevenção e na precisão dos diagnósticos e tratamentos. Além disso, a genômica tem gerado dados essenciais para a área da saúde, a partir do mapeamento genético de populações inteiras.


2. Robótica


A robótica é uma tecnologia emergente que abrange diferentes segmentos de mercado e que, normalmente, atua em conjunto com outros instrumentos tecnológicos, como Internet das Coisas (IoT), inteligência artificial e dataficação, que estão no centro da convergência tecnológica. No processo de inovação na área da saúde, os robôs têm sido aprimorados para auxiliar em situações que exigem máxima precisão e eficiência, a exemplo das cirurgias.


3. Realidade virtual


O uso da realidade virtual e da realidade mista é outro destaque do estudo. Na área da saúde, a aplicação dessa tecnologia está se intensificando, sobretudo com a expansão da telemedicina e das conexões remotas. Para além da interação digital entre equipes médicas e pacientes, a realidade virtual também está revolucionando o aprendizado ao aprimorar as simulações e os treinamentos, fundamentais para a formação profissional e prevenção de erros.


4. Biometria


Ferramenta vinculada à segurança e proteção dos dados, a biometria é outra tecnologia que está em expansão na área da saúde. Os avanços estão alinhados ao novo contexto trazido pela Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD). As empresas do segmento buscam instituir métodos mais rigorosos para preservar os dados sensíveis dos pacientes e dos funcionários, tendo a biometria como um dos recursos mais promissores nesse sentido. Essa tecnologia tem sido empregada em etapas de autenticação e validação, evitando vazamentos ou acessos indevidos aos dados pessoais.


5. Inteligência artificial


Uma das tecnologias mais influentes na área de saúde é a inteligência artificial, que está impactando, particularmente, a medicina preventiva. Com o crescente conjunto de dados gerados, as ferramentas baseadas em inteligência de dados e machine learning têm sido cada vez mais aplicadas à identificação de padrões e ao desenvolvimento de algoritmos capazes de prever riscos. Dessa forma, será cada vez mais relevante no diagnóstico, na personalização do atendimento e na elaboração de estratégias voltadas às políticas públicas de saúde.


Genômica, robótica, realidade virtual, biometria e inteligência artificial são apenas algumas das tecnologias emergentes que estão impulsionando a transformação digital na área da saúde e a expansão das healthtechs no Brasil. Acompanhe de perto essa transição: navegue no nosso blog e confira as principais tendências da área.

189 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page