top of page
Abstract

Como a tecnologia e inovação estão revolucionando o combate às doenças graves


Imagem: Freepik

Nos últimos anos, os avanços em tecnologia e inovação têm desempenhado um papel fundamental no combate às doenças graves. Com o surgimento de novas ferramentas e técnicas, estamos mais próximos do que nunca de erradicar ou controlar completamente essas enfermidades.


A pandemia da Covid-19 mostra que o processo de inovação no desenvolvimento de tratamentos específicos está cada vez mais acelerado. Nessa trajetória, a contribuição das healthtechs, que exploram recursos como inteligência artificial, edição genética, nanotecnologia, entre outras tecnologias é essencial.


Confira algumas inovações tecnológicas estão transformando o cenário médico e proporcionando esperança a milhões de pessoas ao redor do mundo.


1. Terapias genéticas e medicina personalizada


Os avanços na genômica e na medicina personalizada têm revolucionado o tratamento do câncer. A capacidade de sequenciar o genoma humano em questão de dias a um custo acessível permitiu a identificação de mutações genéticas específicas associadas a diferentes tipos de câncer. Em consequência, médicos e pesquisadores podem desenvolver terapias direcionadas que visam especificamente a essas mutações. Além disso, o estudo dos genes pode ajudar a prever a resposta de um paciente a determinados tratamentos, otimizando a escolha terapêutica.


2. Nanotecnologia no combate ao câncer


A nanotecnologia tem o potencial de transformar o tratamento do câncer, permitindo a entrega direcionada de medicamentos. Partículas nanométricas podem ser projetadas para atingir células cancerosas específicas, reduzindo o dano às células saudáveis e aumentando a eficácia do tratamento. Além disso, nanopartículas podem ser usadas como agentes de contraste em imagens médicas, ajudando na detecção precoce de tumores.


3. Avanços no tratamento da AIDS


Desde o surgimento da AIDS na década de 1980, enormes progressos foram feitos no tratamento da doença. Os antirretrovirais modernos conseguem suprimir o vírus HIV a níveis indetectáveis no sangue, permitindo que pessoas com HIV vivam vidas longas e saudáveis. Além disso, pesquisas recentes em imunoterapia e edição genética estão explorando maneiras de eliminar completamente o vírus do corpo.


4. Tecnologia de edição de genes


A técnica de edição genética CRISPR-Cas9 é uma das inovações mais promissoras no campo médico. Esta ferramenta permite que cientistas "editem" genes defeituosos, abrindo possibilidades para tratamentos de uma variedade de doenças genéticas. Estudos preliminares mostram potencial em usar essa tecnologia para enfrentar doenças como anemia falciforme e algumas formas de cegueira.


Outra metodologia inovadora nessa área é a CAR-T Cell, um procedimento que tem gerado resultados promissores no tratamento de câncer. A técnica ainda é utilizada em poucos países, e o Brasil é um deles. No Sistema Único de Saúde (SUS), 14 pacientes já fizeram o tratamento — com verbas da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) – e todos tiveram remissão de ao menos 60% dos tumores.


O caso de maior destaque foi o de um paciente com câncer há 13 anos que, após um mês de terapia celular CAR-T Cell, alcançou a remissão completa do tumor (que, antes, estava prestes a entrar em cuidados paliativos). O tratamento também está disponível na rede privada, com custo estimado de R$ 2 milhões por pessoa. A quantidade de pacientes tratados no sistema público está em ampliação, acompanhando a evolução dos estudos clínicos, e deve chegar a 75 pessoas ainda no semestre de 2023.


5. Inteligência Artificial (IA) e diagnóstico


A IA tem o potencial de transformar o diagnóstico e tratamento de doenças. Algoritmos avançados podem analisar rapidamente grandes conjuntos de dados, como imagens médicas, para detectar sinais de doenças em estágios iniciais. Por exemplo, sistemas de IA têm demonstrado precisão superior a especialistas humanos na detecção de certos tipos de câncer em radiografias e tomografias.


A combinação de inovação tecnológica e pesquisa científica rigorosa está transformando a maneira como tratamos e entendemos doenças graves. Com os crescentes investimentos em pesquisa e desenvolvimento, estamos caminhando em direção à cura de doenças graves.


Quer conferir mais tendências sobre tecnologia e inovação na área da saúde? Então, confira o artigo que produzimos com as projeções da CB Insights para 2023.

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page